O bem virá

Dirigido por

Uilma Queiroz

Gênero

Documentário

Ano

2020

Estreia

07 de novembro (domingo) às 19h

Disponível até 09 de novembro às 14h 

Duração

80'

País

Brasil

Compartilhe

Treze mulheres, treze ventres, treze esperanças, uma foto. E uma busca pelas mulheres que, em 1983, em uma seca no sertão do Pajeú, em Pernambuco, lutaram pelo direito à sobrevivência num contexto em que ser mulher limitava-se à função de administrar a miséria. 

Direção: Uilma Queiroz
Pesquisa: Silmara Marques, Rogério Oliveira e Pedro Maia
Assistente de Direção: José Alberto Silva Jr
Produção: Kika Latache e Livia de Melo
Produtora Executiva: Kika Latache
Coordenação de Produção: Lellis Vasconcelos, William Tenório
Direção de Fotografia: Maíra Iabrudi
Edição de Som: Kiko Santana
Mixagem: Gera Vieira
Montagem: Amandine Goisbault e Rapha Spencer
Elenco: Evanir Araujo Ribeiro, Josefa Mendes da Silva Domingos (Ziza), Lourdes Luna de Araújo  (Lourdinha), Luciene Mendes do Nascimento, Maria Aparecida Bezerra (Cidinha), Maria  Aparecida da Silva (Maria Aparecida), Maria Do Carmo Alves da Silva, Maria do Socorro  Beserra dos Santos, Maria do Socorro do Nascimento (in memorian), Maria Feitosa de  Oliveira, Quitéria da Silva Melo, Rosilda Soares da Silva (Zilda) e Zita Maria da Conceição
Empresa produtora: Vilarejo Filmes

Filmes relacionados

  • Meninos rimam

    Enquanto um aprende a filmar, o outro sonha com seu primeiro videoclipe. Entre os dois, a amizade e o aflorar do desejo. Ritmado pelos beats e improvisos do rap, este filme acompanha descobertas e reúne diferentes regimes de imagem, numa montagem igualmente impregnada de desejo. Do skate à câmera emprestada, tudo converge para o encontro

  • Alma do mar (Liremu Barana)

    Arisa dança dia e noite ao som de canções que falam das batalhas de seu povo e de seus ancestrais. Música e memória se entrelaçam nessa meditação lírica acerca da jornada de se tornar mulher, da identidade e do pertencimento ao povo Garífuna, na Guatemala.

  • O dia da posse

    Brendo quer ser presidente do Brasil. Enquanto esse dia não chega, o jovem baiano estuda direito, faz vídeos para as redes e sonha com novas conquistas em meio à pandemia. Entre os conflitos que vive com o diretor do filme, Allan Ribeiro, Brendo ainda tem tempo de observar as inúmeras janelas dos vizinhos. Quem são

  • Apátrida (Stateless)

    Em 1937, milhares de haitianos e dominicanos de ascendência haitiana foram exterminados pelo exército da República Dominicana motivados pelo racismo antinegro. Corta para 2013, quando o Supremo Tribunal Federal daquele país retirou a cidadania de qualquer pessoa com pais nascidos no Haiti. A medida foi retroativa, cobrindo até o ano de 1929, o que deixou