Lúcia no céu com semáforos

Lúcia no céu com semáforos

Dirigido por

Ery Claver, Gretel Marín

Gênero

Ficção

Ano

2018

Estreia

13.Nov.20 às 19h

 

 

Duração

15 minutos

País

Angola

Compartilhe

Um ser que só tem existência corporal, um objeto usado para satisfazer necessidades e desejos. Na tela, Lúcia preserva apenas um olhar distante que esconde gritos, medos e explosões. É sempre ostracizada e silenciada pela sociedade sexista que em nenhum momento considera sua opinião e desejos. Lúcia é o relato silencioso da mulher associado a um papel ou função sem o direito de ser, de pensar ou de expressar opiniões.

Direção: Ery Claver, Gretel Marín
Textos: Ery Claver
Elenco: Maura Ribeiro, Toyboy
Empresa produtora: Geração 80
Produção: João Ana
Trilha: João Ana
Montagem: Gretel Marín
Direção de fotografia: Ery Claver

Filmes relacionados

  • Lúcia no céu com semáforos

    Um ser que só tem existência corporal, um objeto usado para satisfazer necessidades e desejos. Na tela, Lúcia preserva apenas um olhar distante que esconde gritos, medos e explosões. É sempre ostracizada e silenciada pela sociedade sexista que em nenhum momento considera sua opinião e desejos. Lúcia é o relato silencioso da mulher associado a

  • Dízimos e oferendas (Tithes and offerings)

    Um pastor queniano fajuto acidentalmente faz um milagre real.

  • Ruim é ter que trabalhar

    Alguns dias antes da copa do mundo no Brasil, um operário reflete sobre seu trabalho.

  • Tudo que é apertado rasga

    Na tentativa de forjar uma ferramenta capaz de operar o corte por justiça, Tudo que é apertado rasga retoma e intervém em imagens de arquivo, reestudando parte da cinematografia nacional à luz da presença e agência do ator e da atriz negra.